Três são presos por espancarem brutalmente taxista que se recusou a levar 6 passageiros

A Polícia Militar (PM) de Uberlândia localizou e prendeu três homens suspeitos de espancarem o taxista Nilson Aparecido dos Santos na manhã deste domingo, 9, na MGC-455, próximo à Arena Race, zona rural de Uberlândia.

Os conduzidos foram identificados por meio de imagens de vídeo gravadas por populares. Os presos são dois maiores, Alexandre Ferreira Julião e Danilo Henrique Fernandes, além de um adolescente de 14 anos. A Polícia Militar informou que eles foram detidos pelos crimes de tentativa de homicídio e roubo, já que os dois celulares do trabalhador foram roubados por um dos agressores.

De acordo com informações mais apuradas, no início da manhã o taxista foi acionado para uma corrida na saída de uma festa funk na Arena Race. Ao chegar no local viu que eram seis clientes e se recusou a fazer a corrida, devido ao excesso de passageiros. Os clientes entraram à força no veículo e o taxista teria cobrado R$ 40. Nilson foi covardemente agredido com chutes na cabeça e tronco e ficou desacordado

Testemunhas gravaram vídeos das agressões. Ele é retirado à força do carro, recebe socos e chutes. Mesmo caído, imóvel e sem qualquer reação, as agressões continuaram.

Um dos autores chega a sentar no banco do motorista e ameaça a sair com o veículo. Ele seria provavelmente quem roubou os celulares da vítima.

Bastante lesionado no rosto e braços, Nilson foi socorrido por populares até a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Planalto. Ele recebeu alta ainda na noite de domingo, 9. O presidente do Sindicato taxistas (Sindcavtu), Roque de Moraes, informou que o taxista não corre risco de morte. Ele ressalta a necessidade de as autoridades investirem na prevenção de crimes, para evitar ocorrências como esta. Profissionais da área fizeram uma manifestação na porta da Delegacia de Polícia Civil no Bairro Marta Helena, reivindicando segurança para a categoria.

Roque disse que sempre orienta os taxistas a não comparecerem neste tipo de evento, como o da Arena Race, mas alguns insistem em atender, devido à necessidade financeira.

A Polícia investiga se há outros criminosos envolvidos. Os três presos têm passagens policiais. Um deles tem mais de 10 prisões recentes, por tráfico de drogas e roubos. Eles podem responder por latrocínio tentado.

Nota da Arena Race

Ao longo desses três anos de atuação no ramo de eventos, em Uberlândia-MG, o Arena Race Multieventos localizado na MGC 455 KM 9, zona rural do município, sempre priorizou a transparência e o compromisso com o público. Por isso, sobre o fato ocorrido na madrugada do dia 09 de dezembro, presta os seguintes esclarecimentos:

– O local foi alugado pelos organizadores da festa “A Última do Ano”, a partir das 20 horas do sábado (08 de dezembro de 2018) até as 8 horas do domingo (09/12/2018).

– A comissão organizadora do evento apresentou todos os documentos necessários para a realização da festa, inclusive com o alvará de licença eventual n.º 925/2018.

– O alvará de licença eventual é um documento que exigimos, pois nos garante que toda estrutura necessária para a realização do evento será preparada pelo contratante. Por isso, priorizamos a assinatura do contrato de locação com antecedência mínima para o cumprimento dos prazos exigidos pelas autoridades competentes, que outorgam a licença.

– A ocorrência foi registrada fora do espaço onde ocorria o evento, em uma estrada que dá acesso ao Arena Race.

– O Arena Race lamenta o fato ocorrido e repudia qualquer tipo de violência.

– Solidarizamo-nos com a pessoa agredida e nos colocamos à disposição para esclarecimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here